Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

03/10/2017

Crise existencial blogueira



Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre crise existencial blogueira, mas se você é blogueiro(a) e nunca passou por uma, meus parabéns! Você é um(a)  blogueiro(a) raro(a).

Essa crise tem os mais variados sintomas. Em alguns é aquele bloqueio de semanas ou meses para escrever, em outros é a insatisfação com alguma coisa. Dá uma vontade de desistir de tudo ou recomeçar de outro jeito, em outro lugar, outro título, outro foco, etc.

Semana passada bateu a crise novamente em mim. Só ontem consegui me livrar dela pra valer (espero). Tudo começou porque eu fiquei com vontade de poder curtir cada comentário que chegasse no blog, assim como é possível em blogs do Wordpress. Mas migrar pra lá só por isso, não dá né? Aí coloquei outro sistema de comentários, o Disqus, mas não funcionou a sincronização como deveria, então retirei perdendo os comentários da postagem anterior a esta. 😢

Na verdade, isso tudo é apenas um sintoma da minha crise blogueira, porque já perdi a conta das vezes que fui e voltei do Wordpress.com. Não faz o menor sentido eu ir pra outra plataforma de blogs se meu trabalho é exclusivo para blogs do Blogger. No entanto, o que me fez sossegar mesmo, foi perceber que já criei um vínculo sólido com este blog, apesar dele não ser um megablog e nem ter aquela visibilidade toda, mas está bem organizado e com links ativos em várias outras páginas da web. Trocar o endereço só iria quebrar e desorganizar tudo. Percebi que estou cansada de ir de lá para cá com meu blog, e com isso quem acaba perdendo é apenas eu mesma. Me bateu, então, um carinho diferente por este blog. Um carinho que lembro ter sentido apenas pelo meu primeiro blog criado em abril de 2009, "Luz-em-Flor". Poxa, deu saudade agora.

Toda essa percepção me fez ver que todo tempo e energia que gastamos com algo cria vínculos, que devem ser respeitados na medida que nos fazem bem. Quando quebramos um vínculo saudável, quebramos um pouco de nós mesmos nos tornando menos capazes de criar novos vínculos saudáveis, pois perdemos um pouco do respeito natural por aquilo. Sei disso por experiência.

Quando a crise bater, vale a pena refletir bem (e não por um dia ou dois apenas, viu?), evitar decisões precipitadas e impulsivas, pesar bem os prós e contras, para não meter os pés pelas mãos ou vice-versa. Isso vale para tudo na vida e não só em relação ao nosso blog. 😘
Gratidão
Author Image

Meri Pellens
Cristã, mãe e blogueira com necessidades físicas especiais. Busco viver cada dia como único, valorizando todos os momentos com olhos fitos no Senhor. Amo trabalhar com blogs e artes digitais.

14 comentários:

  1. Muito bem colocadas tuas palavras e belo recado ao final..Temos que sempre esperar, ponderar, nos acalmar e depois agir! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou bem claro o que escrevi. Às vezes sou bem confusa para me expressar.
      Bjo, Chica! 😘

      Excluir
  2. Meri, linda, que bom que você retornou com os comentários do Blogguer, pois assim posso deixar registrado aqui o meu carinho!

    Pelo anterior sistema do Disqus, eu tentei deixar aqui meu comentário , mas minha conta do Disqus se perdeu no tempo e não consegui reativar ...uma pena...

    Nossa, seu artigo mexeu comigo totalmente!! Eu vivo em crise também e fico feliz de saber que não sou só eu!! Ainda bem!!

    Mas quanto às crises existenciais de blogueira não se preocupe amiga, eu também sempre tenho e muitas vezes já pensei em parar e largar tudo para lá...rsrs Sério mesmo!!! Tem momentos que nos sentimos exauridas!!!
    Creio que agora também estou passando por uma nova etapa, assim como você que está refletindo sobre os porquês da arte de ser blogueira, uma vez que estou com dificuldade de escrever sobre exercícios físicos, tema central do meu blog, uma vez que já esgotei o assunto...
    Neste sentido, estou partindo para a edição de vídeos e escrever sobre o vídeo editado...kkkkkkk
    Acho que estou é ficando doida mesmo amiga!! rsrs

    Amei suas palavras, me identifiquei totalmente e percebi que a gente deve mesmo se acalmar e deixar tudo acontecer naturalmente!!
    Ah, e saiba que adoro o seu trabalho, independentemente do blog que esteja! Eu sou sua fã desde que me ensinara a fazer o formulário dos três comentários juntos, do blogguer, facebook e google plus. Lembra? Achei de uma engenhosidade nunca vista querida!! E te acompanharei sempre!!

    Um super beijo e uma semana muito linda!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Adriana, então, Deus faz certo por linhas tortas, né?

      Quanto ao teu blog, ainda bem que o título é bem aberto pra qualquer tema que leve uma carga de energia positiva para o leitor, e não precisa ser só exercícios físicos. Blog é assim mesmo, com o tempo ele cria uma vida própria e toma sempre rumos novos do que planejamos no início.

      E aquele sistema de comentários nunca mais usei. Andei vendo outros já parecidos na web, se foi plágio não sei, mas se deram um melhoramento, fico feliz.

      Adoro seus comentários, faria falta não tê-los aqui.

      Bjo 😘

      Excluir
  3. Concordo plenamente com o seu final ,como tudo na vida tem altos e baixos ,e tomar decisões sempre são difíceis ,mas quando são muito ponderadas e acima de tudo tidas com consciência do que nos podem trazer,temos que as tomar e seguir em frente ,muitos beijinhos abençoada semana querida amiga .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e igualmente, amigo Emanuel.
      Bjo 😘

      Excluir
  4. Oi Meri
    Refletindo sobre suas sábias palavras é que me dei conta do número de vezes que agi por impulso nessa nação blogueira com relação a outros blogs meus. Já tive minhas crises e sei que terei outras mas eu sei que vai passar. Portanto nada de decisões precipitadas. O melhor é refletir sobre a crise, aguardar, talvez se afastar e voltar quando quando o eu interior já tiver vencido a danada da crise. Muito oportunas as suas palavras e sábios os conselhos
    Beijos e uma noite de paz e tranquilidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem sei como é. Tenho currículo longo em abre e fecha de blogs. Perdi a conta rs..
      Bjo, Gracita 😘

      Excluir
  5. Oi Meri,
    Que coincidência! Estou em plena crise existencial blogueira! Meu blog anda crescendo muito e eu entrei num parafuso de ficar presa em estatísticas, tipo: se fizer isto o blog vai cair no rank, se fizer aquilo o blog vai subir. Perdi o prazer de blogar por blogar, sem ficar correndo atrás de números. A coisa foi tão grave que qse parei com o blog. Mas não, me coloquei de castigo. durante uma semana não posso olhar as estatísticas do blog. O prazo vence amanhã. Vamos ver no que vai dar...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia, Betty. Tem que se disciplinar mesmo, pois essa preocupação com ranking, comentários, visitas, etc, gera um estresse tremendo, e isso é o fator número 1 para desencadear a crise blogueira.

      Bjo 😘

      Excluir
  6. Bom dia Meri,
    Obrigada pela sua visita.
    Quem não teve já crise blogueira...!
    Eu já tive e necessitei de espaçar as minhas publicações para poder visitar os amigos e deixar que as ideias fluíssem..!
    Suas palavras nos animam a continuar com calma e sem precipitações.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ailime! Fico feliz em ajudar.
      Bjo 😘

      Excluir
  7. Meri o bom da vida é esta determinação de que vai dar certo e que a vida tem destas coisas,
    que não vão nos lançar ao chão.
    Gosto de ver como você leva a vida seja aqui ou no Instagram.
    Parar pensar e seguir sempre amiga.
    Bjs de paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Toninho. Grata pela gentileza!
      Bjo 😘

      Excluir