Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

26/01/2015

O Bom Pastor



"Senhor, Tu és o bom Pastor. 
Eu sou a Tua ovelha. 
Em alguns dias, estou sujo; 
Em outros, estou doente; 
Em alguns dias, me escondo; 
Em outros, me revelo. 
Sou uma ovelha ora mansa, ora agitada. 
Sou uma ovelha ora perdida, ora reconhecida. 
Eu sou Tua ovelha, Senhor. 
Eu conheço a Tua voz. 
É que às vezes a surdez toma conta de mim. 
Eu sou Tua ovelha, Senhor. 
Não permita que eu me perca, 
Que eu me desvie do Teu rebanho. 
Mas se eu me perder, eu Te peço, Senhor, 
Vem me encontrar. 
Amém."

(Pe. Marcelo Rossi)

24/01/2015

São Francisco de Sales



"Francisco de Sales, primogênito dos treze filhos dos Barões de Boisy, nasceu no castelo de Sales, na Sabóia, em 21 de agosto de 1567. A família devota de São Francisco de Assis, escolheu esse para ele, que posteriormente o assumiu como exemplo de vida. A mãe se ocupava pessoalmente da educação de seus filhos. Para cada um escolheu um preceptor. O de Francisco era o padre Deage, que o acompanhou até sua morte, inclusive em Paris, onde o jovem barão fez os estudos universitários no Colégio dos jesuítas. 

Francisco estudou retórica, filosofia e teologia que lhe permitiu ser depois o grande teólogo, pregador, polemista e diretor espiritual que caracterizaram seu trabalho apostólico. Por ser o herdeiro direto do nome e da tradição de sua família, recebeu também lições de esgrima, dança e equitação, para complementar sua já apurada formação. Mas se sentia chamado para servir inteiramente a Deus, por isso fez voto de castidade e se colocou sob a proteção da Virgem Maria. 

Aos 24 anos, Francisco, doutor em leis, voltou para junto da família, que já lhe havia escolhido uma jovem nobre e rica herdeira para noiva e conseguido um cargo de membro do Senado saboiano. Ao vê-lo recusar tudo, seu pai soube do seu desejo de ser sacerdote, através do tio, cônego da catedral de Genebra, com quem Francisco havia conversado antes. Nessa mesma ocasião faleceu o capelão da catedral de Chamberi, e, o cônego seu tio, imediatamente obteve do Papa a nomeação de seu sobrinho para esse posto. 
Só então seu pai, o Barão de Boisy, consentiu que seu primogênito se dedicasse inteiramente ao serviço de Deus. Sem poder prever que ele estava destinado a ser elevado à honra dos altares; e, muito mais, como Doutor da Igreja! 

Durante os cinco primeiros anos de sua ordenação, o então padre Francisco, se ocupou com a evangelização do Chablais, cidade situada às margens do lago de Genebra, convertendo, com o risco da própria vida, os calvinistas. Para isso, divulgava folhetos nos quais refutava suas heresias, mediante as verdades católicas. Conseguindo reconduzir ao seio da verdadeira Igreja milhares de almas que seguiam o herege Calvino. O nome do padre Francisco começava a emergir como grande confessor e diretor espiritual. 

Em 1599, foi nomeado Bispo auxiliar de Genebra; e, três anos depois, assumiu a titularidade da diocese. Seu campo de ação aumentou muito. Assim, Dom Francisco de Sales fundou escolas, ensinou catecismo às crianças e adultos, dirigiu e conduziu à santidade grandes almas da nobreza, que desempenharam papel preponderante na reforma religiosa empreendida na época com madre Joana de Chantal, depois Santa, que se tornou sua co-fundadora da Ordem da Visitação, em 1610. 

Todos queriam ouvir a palavra do Bispo, que era convidado a pregar em toda parte. Até a família real da Sabóia não resistia ao Bispo-Príncipe de Genebra, que era sempre convidado para pregar também na Corte. 

Publicou o livro que se tornaria imortal: "Introdução à vida devota". Francisco de Sales também escreveu para suas filhas da Visitação, o célebre "Tratado do Amor de Deus", onde desenvolveu o lema : "a medida de amar a Deus é amá-lo sem medida". Os contemporâneos do Bispo-Príncipe de Genebra não tinham dúvidas a respeito de sua santidade, dentre eles Santa Joana de Chantal e São Vicente de Paulo, dos quais foi diretor espiritual. 

Francisco de Sales faleceu no dia 28 de dezembro de 1622, em Lion, França. O culto ao Santo começou no próprio momento de sua morte. Ele é celebrado no dia 24 de janeiro porque neste dia, do ano de 1623, as suas relíquias mortais foram trasladadas para a sepultura definitiva em Anneci. Sua beatificação, em 1661, foi a primeira a ocorrer na basílica de São Pedro em Roma. Foi canonizado quatro anos depois. Pio IX declarou-o Doutor da Igreja e Pio XI proclamou-o o Padroeiro dos jornalistas e dos escritores católicos. Dom Bosco admirava tanto São Francisco de Sales que deu o nome de Congregação Salesiana à Obra que fundou para a educação dos jovens."
Fonte: domtotal.com

21/01/2015

Excelência do Santo Nome: Jesus.



«"E seu nome será: Conselheiro Admirável, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz" (Is 9, 5).

Sim, quanto é maravilhoso, rico e simbólico este nome que, segundo o Profeta Isaías, significa "Deus conosco"! Como o Arcanjo Gabriel deve ter enlevado a Santíssima Virgem Maria - que ponderava todas as coisas em seu coração - com estas palavras no momento da Anunciação: "E Lhe porás o nome de Jesus"! (Lc 1,31).

Fecunda fonte de inspiração!

Esta frase, que ficou indelevelmente gravada no Imaculado Coração de Maria, chega aos ouvidos dos fiéis de todos os tempos, no orbe terrestre inteiro, fecundando os bons afetos de todo homem batizado. Ao longo dos séculos, diversas almas monásticas e contemplativas foram inspiradas por ela a tal ponto que inúmeras composições de canto gregoriano versam sobre o suave nome do Filho de Deus.

Há uma misteriosa e insondável relação entre o nome de Jesus e o Verbo Encarnado, não sendo possível conceber outro que lhe seja mais apropriado.

É o mais suave e santo dos nomes. Ele é um símbolo sacratíssimo do Filho de Deus, e sumamente eficaz para atrair sobre nós as graças e favores celestiais. O próprio Nosso Senhor prometeu: "Qualquer coisa que peçais a meu Pai em meu nome, Ele vo-la concederá" (Jo 14,13). Que magnífico convite para repeti-lo sem cessar e com ilimitada confiança!»
FONTE: www.arautos.org

09/01/2015

Aprendendo a orar...



"Sentimos muita pena de cristãos que pensam que o melhor descanso para a sua alma exausta é assistir a noticiários de televisão. Isso não é uma coisa ruim, talvez, mas é uma coisa morta. Você pode passar todo o seu tempo terreno envolvido com essas distrações, mas você nunca vai estar em paz. Se você quer acalmar a sua mente e aliviar o seu coração, tente antes, repetir o Santo Nome de Jesus Cristo mais frequentemente, sem pressa e com apenas um objetivo: atrair sua atenção e arrepender-se de seus pecados.

Para ficar diante da face de Deus, para limpar seu coração e santificar o espaço de sua vida, invocando o Seu nome, este é o seu objetivo. Não sabemos como Deus purifica o nosso coração pela repetição de seu Santo Nome, mas cremos que Ele faz isso de uma maneira sobrenatural. Ao dizer a Oração de Jesus, não é tão importante se você é "um monge ou um bêbado", mas você deve ser muito firme, atencioso, humilde, suave e concentrado.

Tente fazer uma caminhada por dez minutos enquanto você invoca o Seu Nome milagroso, e você vai sentir o benefício espiritual. Comece de uma forma simples, humilde: "Senhor Jesus Cristo, tende piedade de mim, pecador."* Você pode até fazer isso um tanto mecanicamente, sabendo que esta tradição tem sido santificada por gerações de santos, mas enquanto você caminha e repete a oração, tente não pensar em mais nada. Apenas caminhe na presença de Deus.

Nesses 10 minutos, você vai descobrir que sua mente febril é aliviada, que o bazar barulhento de seus pensamentos tornou-se luz, clara e direta, e que seu coração começou a dizer outras orações. Você ora, você respira, você fala com Deus; você não está apenas repetindo palavras vazias.

O que significa ter a sua mente em seu coração? Significa que você deve controlar seus sentimentos. Você não deve admitir invasores em seu coração, mas deve verificar o seu coração com a sua mente, para observar tudo o que acontece lá. Ter sua mente em seu coração é exatamente o que o Senhor prescreve a nós em seu Mandamento: " Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está em segredo ... ".

O que significa fechar a porta? Significa banir toda lembrança, imagem terrena ou paixão, com a concentração de sua mente e vontade.

Se você faz progresso nesta oração humilde, você vai começar a entender que este mandamento é muito completo. Seu coração será preenchido com um calor espiritual que abarca o centro de seus sentimentos. Você chegará a entender o que é a Oração Atenciosa, e que seu coração foi criado para a Oração Incessante. Oração Incessante não é uma repetição perpétua de tal ou qual palavra ou frase. 

Os Santos Padres dizem que é o sentimento de seu coração. Assim como você vê os objetos deste mundo com os olhos abertos, o seu coração, aquecido pela Oração a Deus, vai participar do mundo espiritual. Isto será devido, não à sua piedade, mas a graça de Deus. Oração Incessante pode não ter nenhuma palavra, mas você vai andar e dormir na presença de Deus. 

- Tradução livre do inglês do texto de Fr. Artemy Vladimirov."
FONTE: oraçãodejesus.com

*A pequena prece pode ter variações, desde que seja piedosa e tenha o nome do Senhor Jesus, ou ainda apenas Jesus.